CURSO DE SOLDAGEM / SOLDA BGA

CURSO DE SOLDAGEM / SOLDA BGA

Artigos

O que você precisa saber sobre Montagens SMD

Grande parte dos equipamentos comerciais atuais utiliza a técnica de montagem em superfície (SMT - Surface Mounting Technology) com emprego de componentes ultra-miniaturizados para montagem em superfície chamados SMD (Surface Mounting Devices). Como é feito este tipo de montagem, como são os componentes usados e o que podemos fazer em termos práticos para manutenção de equipamentos ou realizar montagens com essa tecnologia é o que discutiremos neste artigo.
Na tecnologia de montagem convencional os componentes possuem invólucros que são muito maiores que os próprios elementos ativos em seu interior, e que podem ser manuseados com facilidade por um operador humano.
A maior parte do componente é invólucro e terminais, havendo portanto um desperdício de material e a ocupação desnecessária de espaço numa montagem.
No entanto, o tamanho desses componentes também deve levar em conta a capacidade que temos de manuseá-los, quer seja para montagem quer seja para o trabalho de manutenção.
De fato, se os transistores tivessem um invólucro com dimensões da mesma ordem que a pequena pastilha de silício que ele é propriamente, nossos dedos já teriam muitas dificuldades em manuseá-lo, então o que dizer de fazer uma montagem utilizando-o de forma direta?
Entretanto, a necessidade de se colocar cada vez mais componentes numa placa levando-a a ter dimensões cada vez menores, fez com que o montador humano fosse deixado de lado em função da montagem realizada por máquinas.
Assim, considerando-se que para a máquina não existe uma dimensão mínima que ela possa manusear, já que ela pode ser adaptada facilmente ao tamanho das peças que manuseia, o problema de termos componentes muito pequenos deixou de existir.
Surgiu então uma nova tecnologia de fabricação de componentes extremamente pequenos que são destinados não a serem usados por montadores humanos, mas sim para sem usados por máquinas automáticas.
A tecnologia de montagem em superfície ou SMT (Surface Mounting Technology) que faz uso de componentes para montagem em superfície ou SMD (Surface Mounting Devices) é o resultado desta miniaturização e que encontramos nos principais tipos de aparelhos comerciais, industriais e de todos os tipos possíveis onde tamanho é importante a possibilidade de se fazer a montagem por máquinas também e finalmente os custos.
Mas, se esta tecnologia leva a montagens muito compactas com componentes ultraminiaturizados, de que maneira os humanos que devem reparar tais aparelhos com suas mãos ou ainda desejem fazer o desenvolvimento de protótipos usando tais componentes se comportam?
Este é um problema que vamos discutir neste artigo.
Começamos então por analisar como os componentes SMD são fabricados e como podem ser identificados.